Quem sou eu

Minha foto
Serrinha, Bahia, Brazil
Como é BOM receber sua visita em nosso cantinho virtual! Emerson Nogueira Vila Nova, fundador do Centro de Terapias Complementares - HARMONIZE, é Fisioterapeuta (Ucsal), Hipnoterapeuta, Pós Graduado em Terapia Regressiva, Pos Graduado em Acupuntura, Reikiano, Terapeuta Floral, Palestrante e acima de tudo, um grande admirador das potencialidades ineretes ao ser humano. Talvez seja por isso que aqui no HARMONIZE nosso maior tesouro é te ver sorrir, sentir-se bem, em busca de conquistas cada vez mais especiais, e dividir contigo todo o nosso carinho, respeito e motivação para seguir sempre adiante. Será uma IMENSA alegria para nós estarmos sempre ao teu lado compartilhando de cada uma dessas emoções especiais, pois esse é o verdadeiro sentido de nossa existência...aproveite cada momento e HARMONIZE SUA VIDA.

segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Um Novo Fim

   Fazer um novo fim é...
          Perdoar sem  rancor; é comover-se perante a dureza da vida; é indignar-se quando necessário  tomar a decisão de fazer o bem em nome da justiça; é enxergar a beleza das  cores, quando só a escuridão se faz presente; é conseguir elevar-se através de  uma música ou um poema e deixar crescer dentro de si o desejo de harmonia com o  universo; é compreender que amar sempre vale a pena, doando-se por inteiro sem  esperar recompensas; é conscientizar-se que todos um dia, em outras vidas,  fomos homens e mulheres, negros, brancos, amarelos e vermelhos, altos e baixos,  gordos e magros, fracos e fortes, ricos e pobres, belos e feios, perfeitos e  imperfeitos que a ignorância e brutalidade já marcaram nossas existências...

    "Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim." Chico Xavier

domingo, 30 de dezembro de 2012

Reflexões de Final de Ano



Reflexões de Final de Ano
A chegada do final do ano nos convida a refletir sobre o período que se passou e o que está por vir.
Este é o momento de repensar a própria vida e avaliar os pontos que desejamos mudar no ano que se inicia.
    Este processo de reflexão possibilita que o indivíduo se reorganize para desfrutar de maior equilíbrio nesta nova etapa que está por vir.
    Quando se deseja repensar a própria vida muitos fatores podem ser considerados, mas há três áreas de grande importância: vida afetiva, vida profissional e relação consigo mesmo. A análise da vida afetiva e familiar nos leva a considerar a qualidade das relações que estabelecemos com aqueles que nos cercam.
    Você se sente satisfeito com seus relacionamentos pessoais? De modo geral, as pessoas com quem você convive te fazem bem? Quais aspectos de seu comportamento têm sido elogiados e quais têm sido criticados por amigos e familiares?
   Após fazer todas estas perguntas você deve tentar imaginar o que você pode fazer para melhorar a qualidade de seus relacionamentos. Este tipo de reflexão permitirá que você reveja suas atitudes e tenha uma vida pessoal menos conflitiva e mais prazeirosa.
   Em relação à vida profissional é importante questionar-se sobre o grau de satisfação que você tem em seu trabalho. Você se sente realizado com a atividade que executa? Sente-se reconhecido e valorizado por seu trabalho? Sua remuneração está suprindo suas necessidades? Qual a qualidade dos relacionamentos com seus superiores e com seus colegas de trabalho? Perguntas como esta possibilitam que você avalie os prós e contras de seu trabalho e analise se é ou não necessário batalhar por uma atividade que esteja mais próxima de seus interesses e que te dê maior satisfação.
   Por fim, cabe ainda avaliar a relação que você estabelece consigo próprio. Você está satisfeito com a pessoa que é? Quais são suas maiores virtudes? Quais defeitos você deseja superar? Como sua aparência física te faz sentir? Você deseja alterar sua imagem atual? Quais fatores têm dificultado para que você alcance as transformações que deseja? Estas perguntas permitem que a pessoa reflita sobre seus hábitos e se esforce para alterar as atitudes que lhe tem trazido sofrimento.
   Enfim, o final do ano propicia que o indivíduo reavalie seus projetos pessoais e que busque as transformações almejadas. Reconhecer a necessidade de mudança e acreditar na capacidade de alcançá-la é um grande passo para que se possa viver de forma mais satisfatória no ano vindouro.
Por:
Flávia Leão Fernandes
CRP 06/68043 Psicóloga clínica, Mestre em Psicologia pela Universidade de Londres, Inglaterra e especialista em Psicologia Hospitalar com enfoque em obesidade.

sábado, 29 de dezembro de 2012

Cuide de seus Joelhos.




        Todos nós sabemos a grande importancia de cuidar do corpo. Acontece que algumas estruturas necessitam de uma certa atenção para garantir o bom funcionamento de todo o organismo. Uma dessas estruturas são os nossos joelhos.
       Por ser uma articulação de transição, principalmente de descarga, amortecimento e distribuição do peso corporal, se faz mais que necessário buscar sempre aliviar o excesso de sobrecarga direcionada a este local. Ao mesmo tempo, o joelho sofre e responde por qualquer alteração advinda de estruturas próximas a ele, como é o caso de alterações do complexo do pé-tornozelo e também quadril-coluna.
      Muitas são as maneiras exitentes para reduzir o grau de estresse nessa articulação, que vão desde a utilização de um calçado adequado, de alongamentos para toda a musculatura resposnsável pela manutenção da sua estabilidade articular, reducação da permanecer em pé sem movimentos por longos períodos, em evitar o cruzamento das pernas quando estiver sentado, redução do peso...e por ai vai.


      É sempre bom cuidar bem de quem está sempre pronto a nos servir no dia-a-dia.  E aqui seguem algumas dicas que lhe serão muito úteis neste cuidado com seus joelhos:

- Realize exercícios de fortalecimento muscular e não apenas a atividade aeróbica para estabilizar as articulações. O Pilates é uma ótima opção neste sentido.

- Pré aqueça o corpo preparando-o para atividade, alongue a musculatura pós-exercício aeróbico para diminuir o estress sobre o grupo muscular trabalhado.

- Pratique suas atividades em locais adequados, evitando os extremos de temperatura e umidade.

- Mantenha sempre a hidratação e boa alimentação, evitando desgaste desnecessário do corpo e consequente lesão.

- Respeite seu corpo, não realize atividades além de sua capacidade (over traning).

- Durma bem, uma boa noite de sono é fundamental para a recuperação do corpo.

- Escolha corretamente seu material esportivo, sempre leve em consideração o local, tipo de piso, condição climática, sua constituição corporal e formato do pé (para escolha do melhor calçado).


Um ótimo final de semana para todos.
Emerson Nogueira Vila Nova

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Natal Premiado - Resultado



   E já temos os grandes felizardos da nossa promoção do Natal premiado. Agradecemos a todos pela participação e parabenizamos os ganhadores. Para conferir o link do sorteio é simples: http://sorteie.me/fb/Jbm

  Aos ganhadores, por favor entrar no link que contem todas as régras para que possam marcar e tirar todo o proveito de seus presentes. Acessem:  http://sorteie.me/facebook/compartilhar.php?id=124927

  Aproveitamos para avisar que em 2013 realizaremos diversas promoções e sorteios por meio de nossa página do Facebook (http://www.facebook.com/pages/HARMONIZE-Centro-de-Terapias-Complementares/200294013356290). Basta entrar e curtir nossa página para ter acesso as nossas publicações diárias e ficar por dentro de todas as novidades que estão por vir.

Grande abraço,
Emerson Nogueira Vila Nova

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Confraternização 2012

 

Clima de muita alegria, descontração e harmonia na confraternização das turmas do Ballet Tio Patinhas. Teve música, luzes, lembranças, amigo secreto, dinâmicas e, principalmente, muiiiiiiiiitooos sorrisos.


A professora Flávia Guerreiro, juntamente com as professoras Paula Santana e Enaura Jandiroba, realizaram diversas atividades dedicadas exclusivamente para este momento mais que especial.

 

O mural ficou repleto de belas mensagens natalinas feitas pelas crianças da turma infantil. Cada uma dessas mensagens estão repletas de sentimento, carinho, gratidão e, claro, pedidos de presentes para o Papai Noel... ho ho ho

Aproveitamos para avisar que já estão abertas as pré-matriculas para 2013, com opção para turma infantil, juvenil e adulto. Garanta já a sua vaga.


Feliz Natal para todos!!!!!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Feliz Natal ... Ho Ho Ho


   Toda a equipe do HARMONIZE vem agradecer e desejar muita harmonia e paz neste natal. Desejamos também, que 2013 seja um ano renovador, inpirador e, acima de tudo, um ano especial para cada um de nós.

    Sendo assim, preparamos esta mensagem com muito carinho para todos vocês que se permitiram HARMONIZAR a vida.

Equipe HARMONIZE:

Emerson Nogueira Vila Nova
Carol Marques
Flávia Guerreiro
Wilson Reis
Fernanda Goes
Daniela Valadares
Paula Santana
Enaura Jandiroba
Mestre Charles
Emanuele
Priscila Bastos
e VOCÊ

Feliz NATAL e um 2013 de muitas realizações

sábado, 22 de dezembro de 2012

Busca da Felicidade - Pursuit of Happiness - Dalai Lama

O primeiro passo na busca da felicidade é o aprendizado – Dalai Lama

O primeiro passo na busca da felicidade é o aprendizado - Dalai Lama 

Imagem: Paul Verhagen

O Dalai Lama nos da uma aula de como aprender a lidar com nossas emoções.


“O primeiro passo na busca da felicidade é o aprendizado. Antes de mais nada, temos de aprender como as emoções e comportamentos negativos nos são prejudiciais e como as emoções positivas são benéficas. E precisamos nos conscientizar de como essas emoções negativas não são prejudiciais e danosas somente para nós mesmos mas perniciosas para a sociedade e para o futuro do mundo inteiro também. Esse tipo de conscientização aumenta nossa determinação para encará-las e superá-las. Em seguida, vem a percepção dos aspectos benéficos das emoções e comportamentos positivos. Uma vez que nos demos conta disso, tornamo-nos determinados a valorizar, desenvolver e aumentar essas emoções positivas por mais difícil que seja. Há uma espécie de disposição espontânea que vem de dentro. Portanto, através desse processo de aprendizado, de análise de quais pensamentos e emoções são benéficos e quais são nocivos, aos poucos desenvolvemos uma firme determinação de mudar, com a sensação de que ‘Agora o segredo da minha própria felicidade, do meu próprio futuro, está nas minhas mãos. Não posso perder essa oportunidade’.”
Precisamos nos conscientizar de como essas emoções negativas não são prejudiciais e danosas somente para nós mesmos mas perniciosas para a sociedade e para o futuro do mundo inteiro também.
Dalai Lama

 Fonte: Dalai Lama Brasil

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Fim do Mundo - Faz de Conta


Vamos brincar de faz de conta? Vamos lá!

    Faça de conta que o mundo realmente irá se acabar hoje. Sendo assim, faça a coisa certa: busque compreender melhor as pessoas, procure ser sincero em tudo e com todos, peça desculpas, agradeça, elogie, seja gentil, acredite no impossível, valorize os sentimentos e as pessoas, sorria, dedique-se, seja exemplo...mas se realmente o mundo continuar, faça desse faz de conta uma história real e diária.

    Precisamos mudar. Precisamos melhorar e dar "fim ao mundo" que se apresenta atualmente com tantas guerras, injustiças, difamação, mentiras, orgulho e egoísmo......

Seja o mundo novo que está por vir depois de amanhã. Só assim, seremos verdadeiramente felizes.

Espalhe essa idéia....compartilhe esperança.

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Mais de 40 Mil Visitas :)


Iupe! Mais uma grande conquista. Hoje ultrapassamos a marca de 40 MIL visitas ao nosso blog.
   Com menos de 2 anos de existência e com atualizações diárias contemplando temas diversos sobre sáude, qualidade de vida, bem estar, músicas, reflexões e, claro, nossas promoções, cada vez mais buscamos ampliar nossas possibilidades de tornar este contato ainda mais dinâmico e inovador.

   Cada sugestão, crítica ou elogio, dão condições de deixar o nosso blog ainda melhor. Só temos que agradecer por você fazer parte de mais essa conquista. Muitíssimo obrigado!

domingo, 16 de dezembro de 2012

sábado, 15 de dezembro de 2012

Fim do Mundo com Humor

      Muitos já começaram a tal contagem regressiva para o temido dia 21 de Dezembro de 2012. Mas será mesmo que estamos compreendendo tal "fim", como deveria ser? Será que na verdade esse medo generalizado tem razão de existir a ponto de ter gente largando tudo e todos e saindo por ai correndo e se escondendo em locais fechados e/ou ditos sagrados e seguros?
    Esta semana li uma frase super inteligente que deveria ser a nossa verdadeira preocupação neste momento: "Meu medo nem o do mundo se acabar no dia 21, mas dele continuar a mesma coisa após este dia."...que tal?!. O medo de que tudo acabe não será uma vontade incosciente de que chegue de uma vez por todas o fim das guerras, dos preconceitos, das doenças, das corrupções, da fome, da impunidade e de muitas outras mazelas existentes no mundo?
     Bom, não há como prever nada, isso é fato. Mas há uma coisa que podemos fazer muito bem até lá....levar tudo isso com atitude positiva e com muito bom humor. Então vamos lá? :)

 

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Acreditar e Agir

 
Um viajante caminhava pelas margens de um grande lago de águas cristalinas e imaginava uma forma de chegar até o outro lado, onde era seu destino.Suspirou profundamente enquanto tentava fixar o olhar no horizonte.

A voz de um homem de cabelos brancos quebrou o silêncio momentâneo, oferecendo-se para transportá-lo. Era um barqueiro.O pequeno barco envelhecido, no qual a travessia seria realizada, era provido de dois remos de madeira de carvalho. 
O viajante olhou detidamente e percebeu o que pareciam ser letras em cada remo. Ao colocar os pés empoeirados dentro do barco, observou que eram mesmo duas palavras.Num dos remos estava entalhada a palavra acreditar e no outro, agir.
Não podendo conter a curiosidade, perguntou a razão daqueles nomes originais dados aos remos.

O barqueiro pegou o remo, no qual estava escrito acreditar, e remou com toda força.

O barco, então, começou a dar voltas, sem sair do lugar em que estava.

Em seguida, pegou o remo em que estava escrito agir e remou com todo vigor.

Novamente o barco girou em sentido oposto, sem ir adiante.

Finalmente, o velho barqueiro, segurando os dois remos, movimentou-os ao mesmo tempo e o barco, impulsionado por ambos os lados, navegou através das águas do lago, chegando calmamente à outra margem.

Então, o barqueiro disse ao viajante: Este barco pode ser chamado de autoconfiança. E a margem é a meta que desejamos atingir.

Para que o barco da autoconfiança navegue seguro e alcance a meta pretendida, é preciso que utilizemos os dois remos, ao mesmo tempo, e com a mesma intensidade: agir e acreditar.

Não basta apenas acreditar, senão o barco ficará rodando em círculos. É preciso também agir, para movimentá-lo na direção que nos levará a alcançar a nossa meta.

Agir e acreditar. Impulsionar os remos com força e com vontade, superando as ondas e os vendavais e não esquecer que, por vezes, é preciso remar contra a maré.

E você? Está remando com firmeza para atingir a meta a que se propôs? Se o barco da sua autoconfiança está parado no meio do caminho ou andando em círculos, é hora de tomar uma decisão e impulsioná-lo com força e com vontade.

Lembre que só você poderá acioná-lo utilizando-se dos dois remos: agir e acreditar.


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Natal em Família

 

   O Natal simboliza a confraternização. É uma época em que o clima de união e felicidade toma conta das pessoas, às vezes, há troca de presentes, mas, o  importante é a troca de afeto e carinho entre os amigos e familiares. Por isso se você está pensando em receber sua família neste Natal, nada melhor do que se preparar para que a data seja inesquecível. Pensando nisso, selecionamos dicas para passar o Natal em família, confira:

 

Planejamento do Natal em família

   Os dias 24  e 25 de dezembro são bastante concorridos, por isso é importante planejar uma estratégia para visitar os familiares mais próximos, caso  não se reúnam no mesmo local. Quem já saiu de casa e casou, constituindo nova família, precisa se desdobrar para visitar os pais da esposa e do marido, bem como conciliar a presença dos filhos, irmãos, primos e às vezes netos.
   A hora da ceia é o ponto chave do Natal, mas se não for possível reunir todos nesse momento, aproveite as outras horas do dia e faça visitas. Por exemplo, almoce na casa de uns parentes e passar a ceia com os demais.

 

Filmes para ver com a família no Natal, em casa

    Para passar o dia do Natal com a família, especialmente com as crianças, com pipoca na mão, luz baixa,  selecione um filme que tenha como enredo o Natal! Algumas dicas de filmes natalinos são: o clássico Esqueceram de mim, Cântico de Natal dos Jetsons (especial para a turma infantil), O estranho mundo de Jack ( uma animação bem legal), O Milagre na Rua 34 (um drama para encantar e fazer refletir), Um homem de Família (com muito sentimentalismo e psicologia) ou Simplesmente amor (para os que gostam e não querem abrir mão do romance).

 

Sugestões de festas para passar o Natal em família

   Se todos os familiares se reunirem em um único local para a festa, seguem algumas dicas úteis para tornar a festa tranquila e alegre.Ajude a anfitriã, mesmo não estando na sua casa, ofereça ajuda a pessoa que convidou a todos e abriu as portas da casa para a festa em família;

- Mesmo no clima de festa, é possível que haja desentendimentos ou discussões causadas por mágoas do passado, se isso acontecer, respire fundo e não leve a sério as provocações, afinal, o dia é de comemoração e não de brigas;

- Para animar a festa do Natal em família, organize um amigo secreto e faça a troca de presentes antes da Ceia de Natal. O lado bom é a confraternização dos parentes. 
Fonte: www.mundodastribos.com.br

Que seu Natal seja colorido, alegre e especial!


segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Ser ZEN

     Ser ZEN - Pessoa ou coisa calma, tranquila, contemplativa, que não se abala por nada. Adepto de filosofias orientais, com ênfase para a práticas meditativas, harmonizantes e de auto conhecimento (Yoga, Tai Chi Chuan, Qi Gong...).


Estudar e compreender a filosofia ZEN é estudar a si mesmo;
Estudar a si mesmo é esquecer de si mesmo;
Esquecer de si mesmo é estar uno com todas as coisas. 
                                           Mestre Dogen

HARMONIZE a sua vida.
  Venha e fique ZEN.

sábado, 8 de dezembro de 2012

Natal Premiado- HARMONIZE


   O Natal está chegando e até o Papail Noel já está recebendo massagem para poder recuperar as energias e sair por ai presenteando todo mundo que curte e acompanha nossas postagem no Facebook e aqui em nosso blog. E ele já preparou uma promoção para você:




 Que tal ganhar uma massagem neste Natal e começar o ano com o pé direito, o esquerdo e todo o corpo relaxado.?

Para participar do sorteio basta CLICAR EM PARTICIPAR e ler o regulamento após clicar neste link: http://sorteie.me/facebook/compartilhar.php?id=124927

 
Muito boa sorte! Lembre-se de clicar no ícone PARTICIPAR, para que seu nome seja incluído no sorteio do dia 25/12. :)

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Trânsito parado? Automassagem!

Cada vez mais, dirigir na cidade grande pode ser sinônimo de tensão, cansaço e dor de cabeça. Que tal, então, presentear-se com uma bela automassagem enquanto o trânsito não anda? Siga as dicas a seguir e aproveite esse tempo para relaxar deliciosamente
Texto • Thiago Perin - www.triada.com



 
   O tempo está passando e nada de você sair do lugar. Por todos os lados, carros e mais carros, de todos os modelos e cores, presos em um imenso congestionamento. Alguém impaciente buzina, o que desencadeia uma verdadeira sinfonia de motoristas irritados, que esbravejam em meio ao caminho engarrafado. O seu bom-humor já foi para o espaço há algum tempo. É, aquele compromisso importantíssimo vai ter que esperar.
   Se você dirige, esse cenário é bastante comum. O estresse de se ver preso em um congestionamento pode arruinar o seu dia inteiro, além de causar dores e tensões bastante desagradáveis em todas as partes do corpo. Fazer os outros carros desaparecerem não dá, mas existe algo que pode ajudar a diminuir os efeitos nocivos do trânsito caótico da cidade grande: aproveitar o tempo parado para se presentear com uma relaxante automassagem.
   Segundo o massagista José Augusto Maciel Torres, especialista em terapias orientais, qualquer pessoa pode e deve se automassagear, sem que haja qualquer contra-indicação. Além de tirar a tensão dos músculos, essa prática pode aliviar dores de cabeça e trazer de volta a sua calma e bem-estar. Interessante, não? Então confira, a seguir, o passo a passo de como automassagear partes chave do seu corpo, evitar o desgaste diário e deixar o estresse causado pelo trânsito para trás, de uma vez por todas.

Cabeça  

   Depois de algum tempo parado, o nervosismo, a impaciência e a ansiedade podem presentear você com uma nada agradável dor de cabeça. Para aliviá-la, use os polegares para pressionar delicadamente a base do crânio, em pequenos movimentos circulares. Os outros dedos ficam apoiados logo acima, conforme você vê na imagem ao lado.
Em seguida, suba para o topo da cabeça. Massageie o couro cabeludo com as pontas dos dedos. Dê também algumas pequenas batidinhas, como se estivesse tocando piano. Mas lembre-se de manter o toque suave, ou então estará aumentando o desconforto.
   Depois, atente-se um pouco ao pescoço. Primeiro, alongue-o. Com as pontas dos dedos das duas mãos (só não use os polegares), pressione suavemente a nuca, de cima para baixo. Siga por toda a borda lateral, de trás para a frente. Para aliviar ainda mais a tensão, dê pequenos "beliscões" na pele.

Ombros

   Continue massageando e alongando o pescoço até sentir alívio. Conforme os músculos forem relaxando, desça as mãos e massageie a região do trapézio com as pontas dos dedos. Em seguida, dê soquinhos de leve na região. Sem aplicar muita força, amasse os ombros com as mãos, segurando por cerca de 2 segundos antes de soltar.
   Depois, dê atenção a um lado de cada vez. Com a mão direita, pressione o ombro esquerdo, enquanto faz movimentos circulares com ele. Repita no outro lado.
   Para alongar as costas e a coluna, eleve os braços e dobre-os para trás, caminhando com as mãos em direção à cintura. Mas tome o cuidado de manter os movimentos sempre delicados – é importante não forçar demais. Afinal, o objetivo é relaxar o corpo, e não agredi-lo ainda mais.

Braços

   Ficar segurando o volante por longos períodos cansa os braços. A situação é ainda mais séria quando o motorista trabalha fazendo grande esforço físico ou então sentado em frente ao computador, castigando os membros com a digitação.
   Para garantir a eles o devido alívio, comece dando pequenos soquinhos, com a mão fechada, no braço oposto. Siga desde o ombro até o punho, mantendo a palma da mão virada para cima. Ao chegar a ela, faça o caminho contrário, agora com a palma para baixo, repercutindo pela face externa do braço, de volta ao ombro. Depois, deslize as mãos pelos músculos e friccione ligeiramente o braço e o antebraço.
   Você ainda pode pressionar os músculos do antebraço com o polegar, estimulando cada ponto por cerca de 10 segundos. Finalize quando sentir alívio. Depois, é hora de se atentar às mãos.


Mãos

  Elas também merecem uma atenção especial. Comece, então, acariciando uma a outra, fazendo leve pressão nas palmas e nos dorsos. Friccione e belisque um pouco a pele. Usar um pouco de hidratante nesse processo pode ser uma boa ideia.
  Depois cuide dos dedos, pressionando e massageando cada um deles, desde a articulação até a ponta, como mostra a ilustração ao lado. Mas procure não estrala-los, já que, se repetida com freqüência, essa prática pode causar problemas nas articulações.
Para finalizar, alongue os braços com as palmas das mãos para fora. Em seguida, faço o mesmo com as palmas voltadas para dentro.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Estrelas do Natal - Músicas Natalinas

Estrelas do Natal 2012



01. Sino de Belém – Dudu Nobre
02. A Nata do natal – Luiz Melodia
03. O velhinho- Fernanda Takai
04. Natal branco (White Christmas) – Jorge Vercillo
05. Parabéns pra Jesus – Padre Marcelo Rossi (Part. Chitãozinho & Xororó)
06. 2.000 velinhas – Fábio Jr.
07. Boas festas Zeca Baleiro
08. Ave Maria de Gounod – Elba Ramalho
09. Noite feliz – Alcione
10. Um feliz natal (Feliz navidad) – Ivan Lins e José Feliciano
11. Depois do natal – Nana Caymmi
12. Oração de São Francisco – Fagner
13. Feliz natal papai noel – Martinho da Vila
14. Depende de nós – Margareth Menezes
15. O Homem de Narazeth – Chitãozinho & Xororó

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Emoções em moléculas

Existe a química da felicidade?


   Três pessoas ficam presas num elevador. Uma delas tem um chilique. A segunda parece sob controle, mas sofre um ataque de ansiedade logo após ser resgatada. A terceira permanece calma durante todo o episódio. A diferença no comportamento delas é a avaliação interna que fazem desse evento estressante. Segundo estudos sobre a relação entre psicologia e biologia, como os feitos pelo Instituto de Medicina para o Corpo-Mente da Universidade Harvard, o problema aí não é o estresse, mas a resposta que se dá a ele.
A medicina “corpo-mente” ensina que a chave está na resposta de relaxamento. O estímulo de determinadas emoções pode inundar as células de hormônios e neurotransmissores que permitem relaxar diante de situações estressantes. Esse é um dos pilares da biopsicologia, que alia abordagens científicas, como a psiconeuroimunologia, a conceitos orientais, como a medicina ayurvédica. “Está tudo em nossas mentes”, diz a antropóloga, doutora em psicologia e monja Susan Andrews, autora de Stress a Seu Favor (Ágora). Desde 1992 ela vive no Parque Ecológico Visão Futuro, ecovila fundada por ela em Porangaba, São Paulo.

O que é biopsicologia, afinal?
   É um termo usado por cientistas para definir o estudo científico da biologia do comportamento e processos mentais. Refere-se ao inextricável relacionamento entre psicologia e biologia, que é chamado de medicina corpo-mente, ou psiconeuroimunologia. É a confirmação do que diz a neurologista Candace Pert: cada mudança de humor é acompanhada por uma cachoeira de “moléculas de emoção” – hormônios e neurotransmissores – que flui através do corpo, afetando todas as células. Cada célula humana contém cerca de 1 milhão de receptores para receber essas substâncias bioquímicas. Assim, quando estamos tristes, nosso fígado está triste, nossa pele está triste.

Como essas moléculas nos afetam?
   Praticamente tudo no corpo é regulado pelos hormônios. Eles estão entre os mais poderosos agentes biológicos, influenciando, por exemplo, nossa resposta ao estresse. Cardiologistas pensavam que as pessoas mais propensas a sofrer ataque cardíaco – as com personalidade “tipo A” – fossem apressadas, altamente competitivas e hostis. Recentemente percebeu-se que o problema não é tanto o estilo de vida acelerado ou a ambição compulsiva, mas a hostilidade. As pessoas que respondem a chefes prepotentes ou engarrafamentos no trânsito com irritabilidade – que vivem dizendo “Ai, que saco!” – secretam até 40 vezes mais cortisol das glândulas supra-renais.

Qual é o problema com o cortisol?
   Em excesso, é tóxico para o organismo. Assim, pessoas do “tipo A” são cinco vezes mais propensas a sofrer doenças e morrer cedo do que as “tipo B”, que têm mais cabeça fria.

Qual a influência dos hormônios de estresse sobre os processos mentais?
   A secreção excessiva de cortisol também afeta a nossa cognição – literalmente mata as células cerebrais no hipocampo, a região do cérebro responsável pela memória. É por isso que mais e mais pessoas estão perdendo a memória – esquecendo onde puseram as chaves do carro, ou fazendo listas para lembrar o que têm de fazer, e depois esquecendo onde deixaram as listas. Pesquisas na Universidade de Michigan demonstraram que o declínio da memória entre jovens de 30 a 40 anos hoje em dia é o mesmo dos idosos de 70 a 80 anos. Estamos nos tornando como o paciente que se queixou ao seu médico: “Doutor, estou perdendo minha memória!” O doutor então perguntou: “Perdendo sua memória? Há quanto tempo?” O paciente respondeu: “Há quanto tempo o quê, doutor?”

A depressão tem base biológica?
   Cada emoção tem um componente biológico. Quando vemos uma pessoa deprimida numa cadeira, quase incapaz de se mover, tendemos a pensar que ela está sem energia. Pelo contrário, ela está como uma mola retesada: secretando desenfreadamente elevados níveis de cortisol, sinal de que está lutando uma exaustiva batalha mental – tudo dentro de si. Como a escola freudiana descreve, depressão é “agressão voltada para dentro”.

É possível retardar o envelhecimento com o uso de hormônios?
   Estrelas de Hollywood tomam hormônios para manter a vitalidade. Mas, como endocrinologistas advertem, não existe almoço grátis. O aumento não natural de hormônios pode produzir danosos efeitos colaterais. Temos dentro de nós uma sofisticada farmacopéia. Podemos naturalmente estimular o corpo a melhorar sua produção de hormônios, sem risco para a saúde.

Como podemos produzir hormônios intencionalmente?
   O objetivo da biopsicologia é otimizar a secreção hormonal. Assim como as emoções negativas são acompanhadas por uma sopa bioquímica tóxica, as positivas mobilizam um prazeroso coquetel de hormônios e neurotransmissores benéficos para a saúde. Estudos demonstram que um dos mais importantes fatores na saúde e longevidade não é exercício, alimentação ou estilo de vida, mas nossa resposta à pergunta: “Você tem alguém na sua vida que realmente o ame? E quem você realmente ame?” Aqueles que respondem “não” têm risco até cinco vezes maior de morte prematura que os que respondem “sim”. A mensagem dessas pesquisas: o amor realmente conta.

Qual molécula de emoção está ligada ao amor e à afeição?
   Uma é a ocitocina, estimulada em todos durante relações afetivas e nas mulheres durante a amamentação. Ela tem poderosos efeitos antiestresse: reduz o nível de cortisol e a pressão arterial. Por isso, o apoio social é tão importante na resistência ao estresse e à saúde. Mas estamos nos tornando cada vez mais desconectados. Sofremos do que psicólogos chamam de “síndrome das metrópoles”: uma sensação de estar sozinho em meio à multidão. A tecnologia acabou com distâncias, mas foi incapaz de nos aproximar. Como diz o Dalai Lama, “compaixão e amor não são supérfluos. São fundamentais para a sobrevivência da nossa espécie”.

E como se faz isso, na prática?
   Nossos corpos e mentes são como ruas de mão dupla. Podemos afetar o corpo através da mente, e vice-versa. Somente abordagens mentais ou cognitivas serão ineficazes se o sistema endócrino estiver um pandemônio. Há métodos antigos para mudar nossa bioquímica e equilibrar emoções. Fazem parte das técnicas que ensinamos no Programa Transforma do Instituto Visão Futuro, que equilibram as glândulas endócrinas e transformam sentimentos negativos – raiva, ódio, medo – em atitudes positivas, como otimismo, entusiasmo e compaixão. Inclui posturas físicas que massageiam glândulas endócrinas, visualizações, técnicas de respiração, relaxamento, meditação e nutrição. Estamos treinando facilitadores pelo Brasil para ensinar técnicas que chamamos de “Spa em Casa” – 15 minutos por dia de otimização hormonal que transforma a vida das pessoas.

Que conselho prático a biopsicologia nos dá para o cotidiano?
   Faça breves pausas durante o dia para respirar lenta e profundamente através do diafragma. Faça isso também quando lidar com pessoas irritantes ou negativas e se esforce para abrir o coração e manter a mente positiva. Lembre-se: simplesmente olhar para a foto de uma pessoa que você ama ajuda a diminuir os hormônios do estresse. Coloque em prática o que um estudo feito por uma seguradora americana comprovou: quando uma mulher beija seu marido antes que ele parta para o trabalho de manhã, a expectativa de vida dele aumenta cinco anos. A dela também.

Susan Andrews

• É americana e tem 58 anos
• Psicóloga, antropóloga e monja, estudou em Harvard e viveu 23 anos na Índia e no Sudeste Asiático
• Conheceu o Brasil durante a Eco-92, quando criou uma comunidade auto-sustentável no interior de São Paulo
• É instrutora de meditação e práticas de biopsicologia
 Fonte: Revista Super Interessante

domingo, 2 de dezembro de 2012

Você amarra ou desamarra os nós?


Minha nossa senhora desatadora dos Nós,
desate os nós da minha vida,
que seja fácil e sem esforço
que não haja mágoas nem prejuízos para ninguém
e principalmente que eu não me sinta culpada ou resentida
em desatar meus próprios nós.

Nós da Vida
- É curioso, mas muitas vezes armamos nossa própria armadilha e criamos situações que levam a um resultado desfavorável pro nosso lado.

- Não ir a um aniversário que prometeu; “esquecer” alguma tarefa ou ligação importante, se comprometer com algo que sabe que não pode cumprir; não entregar um projeto no prazo, etc.

- Você lembra de alguma vez que pisou na bola, mesmo sabendo que ia dar zebra e depois ficou mal pro seu lado?

  E o mais comum para completar, é conseguir alguma boa desculpa para dar queixa. E passar toda a vida culpando o trânsito, a semana que me paralizou, as diversas atribuições e tarefas, problemas com os filhos, etc etc etc… Por que que estas pequenas armadilhas aparentemente imperceptíveis e inofensivas, nos confortam e tem o efeito de transformar uma desculpa
em um bloqueio que nos impede de ter sucesso?

   É desafiante enxergar oportunidades e ver o lado positivo das coisas sempre! O progresso e o sucesso não acontecem no conforto do sofá de casa e das nossas velhas crenças. Ter sucesso profissional, pessoal e inclusive no Amor.. acontece quando começamos a criar e destruir idéias e crenças.
   Para inovar, é preciso romper velhos padrões e até brigar com nossos instintos que fazem a gente se cercar de pessoas, situações e opiniões que já acreditamos. Nossa mente quer moleza, quer manter os mesmos pensamentos (a maioria negativos e repetitivos).

Como dizia um Professor do Ensino Médio:
- Quer moleza? Senta no Pudim!

É isto que nossa mente quer.
Para sair da comodidade, o Ato Principal é TRANSPIRAR. Entrar em ação e ousar o redesenho! Com o direcionamento de uma Coach começar a mudar pequenas atitudes diárias para adquirir NOVAS competências que levam ao Êxito e ao Sucesso Integral!

a vida integral
Ficam as Dicas:

Dica 1: Praticar Idéias!
Igual no filme Alice no País das Maravilhas.
Todos os dias, antes do café da manhã, ter 4 idéias Originais.
Idéias que você nunca teve antes!
Coloque a mente para funcionar de uma forma produtiva e anote todas as grandes idéias que surgirem!

Dica 2: Ativar o Auto-observador
Para onde for, tenha uma caneta por perto.
E cada vez que tiver um pensamento negativo, faça um risquinho no braço. Faça isto rigorosamente por um dia e surpreenda-se com o que você conseguiu notar de si mesma.

São os pensamentos que influenciam nossos sentimentos. E são os sentimentos que realmente mudam nossas ações.
Pensamentos Positivos geram Ações com Resultados! Pense diferente! Aja diferente!

Converse com uma Profissinal de Coach e descubra como soltar os nós da sua vida e abrir os braços para sua Realização!

Fonte: www.mulherintegral.com.br

sábado, 1 de dezembro de 2012

Dezembro Chegou!!!!!!


   Dezembro chegou!!! E com ele vem a esperança de um novo ano que está tão pertinho... Vem recordações de um ano que está no fim. Coisas boas... coisas ruins... Aprendizagem!! Dezembro mês de limpar as gavetas, mês de reflexão... Admito, continuo acreditando em Papai Noel, a única diferença é que agora eu posso o reconhecer um pouquinho em cada pessoa. Sempre é possível fazer o bem a alguém porque não começar em Dezembro, o mês da mágia??? Repense seus valores!!!
Jiba Vanessa Dias
 
 
 
DEZEMBRO CHEGOU!
 
 
Enfim dezembro chegou!
Deixe aberta sua janela
para que o Natal entre por ela
e enterneça seu coração.
 
O Deus Menino anunciou
que a felicidade existe,
basta que se tenha amor.
Depois de tê-lo, aqueça-o no peito
e espalhe por onde for!
 
Deixe a porta da alma aberta
para receber as bençãos do Pai,
Presença divina sempre certa
que vem trazendo luz e paz,
neste mundo cheio de pressa!
 
Festeje com alegria a Natividade,
não esqueça de agradecer pela vida,
pela família, pelo irmão;
a mesa farta de comida...
Mas se lembre também
que em muitas, falta o pão!
 
Dezembro enfim chegou!
Natal é gratidão, emoção, doação.
Se para você nada faltou,
pense no homem pobre
que de restos se alimentou...
 
É Natal! Aprenda a ser fraterno
e com bondade estenda sua mão,
seja mais humilde e terno,
Natal é união!


01/12/2009
 
Anna Peralva
 

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Yoga para os Joelhos - Yoga for knees

Dê atenção ao alinhamento para manter os joelhos em forma. 


  Para quem tem uma vida ativa, é fundamental manter os joelhos saudáveis. Mas o joelho, essa articulação que serve para movimentar a perna para trás e para a frente, é propenso a lesões. Muitas lesões esportivas surgem quando torcemos o joelho, e mesmo desalinhamentos estruturais de menor porte podem levar a lesões e artrite no futuro.

  O foco na força, flexibilidade e alinhamento dos joelhos durante a prática de Yoga os ajuda a se manter da maneira como deveriam, diz Tias Little, fundador do Prajna Yoga, em Santa Fé, Novo México. Ele explica que joelhos saudáveis se constroem de baixo para cima: “Se os tornozelos forem fracos, é como dirigir um carro com pneus arriados. Os joelhos ficam sobrecarregados”.

   Little recomenda elevar os arcos mediais dos pés e pressionar suas bordas com firmeza no chão durante as posturas em pé. Isso fortalece os músculos dos tornozelos e das pernas, dando maior suporte aos joelhos. Enrijecimento na musculatura dos glúteos e quadril também afeta os joelhos, diz Little. “Quando as pessoas têm enrijecimento nos glúteos, os joelhos tendem a girar para dentro, em posturas de agachamento. Quando fizer qualquer agachamento, os joelhos devem ficar diretamente sobre os calcanhares.”

  Os joelhos tendem a enrijecer com o tempo, diz ele, especialmente nos atletas. A musculatura dos quadríceps em geral é bem trabalhada, mas é enrijecida no ponto onde se liga aos joelhos. Little indica a prática do virasana (postura do herói) feita com o auxílio de um bloquinho se for um praticante enrijecido ou se sentir dor nos joelhos durante a postura. Isso serve para manter a cartilagem e os tendões ao redor dos joelhos flexíveis. “A palavra virasana vem da mesma raiz da palavra viril”, diz Little. “Na cultura asiática, os joelhos se conectam à força da vida. Quando eles estão saudáveis e flexíveis, com uma boa circulação, isso indica uma boa vitalidade.”



Virasana (postura do herói)
Para manter os joelhos alinhados, os pés devem ficar paralelos e na linha do quadril.


Utthita parsvakonasana (postura do ângulo estendido para o lado)
Pressione as bordas dos pés com firmeza contra o chão. Ative os arcos internos de ambos os pés, elevando-os. Mantenha os joelhos alinhados com os tornozelos.


Parsvottanasana (postura do alongamento lateral intenso)
Ative os arcos dos pés e eleve as patelas.


Ardha chandrasana (postura da meia-lua)
Eleve a patela da perna de apoio e ative os arcos de ambos os pés. Para ajudar no equilíbrio, pressione o calcanhar contra uma parede.


Viparita karani (postura das pernas na parede)
Para deixar os joelhos alinhados, amarre um cinto ao redor das coxas.

Por: Carme Wroth / Tradução: Cacau Peres / Fonte: Yogajournal.terra.com.br